Em palestra no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, Eduardo Tevah falou sobre “o varejo que funciona” e deu dicas práticas para o público. Além disso, ele mostrou as três frases que ele considera mais inspiradoras para o mundo dos negócios.

As Frases

1 – Faça hoje o que a maioria não faz para ter amanhã o que a maioria não tem (Zig Ziglar)

Isso significa dizer que todo projeto inovador tem um grande valor. É preciso pensar naquilo que você pode oferecer e que os outros não oferecem. Para Tevah, as pessoas podem ser divididas em dois grupos:

A) As pessoas comuns, que são aquelas que fazem tudo dentro das regras e como lhe foi indicado: chegam no horário certo, cumprem as obrigações e vão embora no horário exato.

B) As pessoas diamantes, que são inovadoras e criativas. Ele diz que usa esse nome pois quanto mais se atrita um diamante, mais ele brilha.

Cada um pode fazer a escolha pelo perfil que deseja se encaixar, mas para ser “diamante”, a dedicação o trabalho são muito maiores.

Eduardo Tevah em Brasília, no evento produzido pela N Produções e patrocinado pela Fundação Universa

2 – Quanto mais alta tecnologia há no mundo, mais as pessoas anseiam por um atendimento com um toque pessoal (John Naissbitt)

Cada vez mais as pessoas anseiam pelo caráter humano em todos os tipos de atendimento.

3 – Os líderes só se tornam grandes quando descobrem que são eles que precisam das pessoas (John Maxwell)

Os líderes não podem ser arrogantes, eles devem entender a importância das pessoas a sua volta e demonstrar esse conhecimento.

A concorrência

Tevah deixou claro que o fenômeno que mais afeta a vida das empresas e das pessoas é a concorrência.

No Brasil, para cada empresa que fecha, outras duas abrem. E para uma única vaga de emprego que fica disponível, há 84 pessoas preparadas para ela.

Nesse cenário, é imprescindível ser competente e criativo. A tendência natural do ser humano é seguir fazendo aquilo que ele sempre fez. O grande desafio é tirar o cérebro do automatismo e fazê-lo funcionar de uma maneira diferente.

E, para isso, apenas conhecimento não basta. De acordo com o palestrante, “Saber e não fazer é ainda não saber: As pessoas valem pelo que elas fazem, não pelo que elas sabem”.

No próximo post, confira tudo aquilo que Eduardo Tevah considera essencial para o varejo realmente funcionar.