You are currently browsing the tag archive for the ‘inovação’ tag.

A aprendizagem é fundamental no ambiente corporativo

- por Janine Costa* -

 

Aprendizagem ainda se apresenta como um termo recente no vocabulário de negócios. Verbos como planejar, treinar, decidir e controlar são comuns na área de gestão, no entanto, aprender ainda é uma palavra pouco utilizada. O desenvolvimento de competências e habilidades por meio de capacitação, ainda é considerado por algumas organizações, como um processo em que o próprio funcionário tem a obrigação de buscar por conta própria. Nessa perspectiva, o desenvolvimento de pessoas é desconsiderado como responsabilidade da organização.

Entretanto, o cerne da filosofia de renovação consiste no reconhecimento da aprendizagem como elemento fundamental para o desenvolvimento organizacional. A criatividade, a capacidade de mudança e o dinamismo são características de organizações que proporcionam possibilidades de aprendizado aos seus colaboradores. Portanto, pesquisas comprovam que empresas que assumem o este papel frente à educação de sua equipe, caminham à frente em termos de qualidade.

Daí nasce uma necessidade estratégica de parcerias com instituições de ensino, no sentido de possibilitar aos profissionais da educação, que detém uma visão pedagógica, a condução do aprendizado organizacional. Estruturar internamente a capacitação e desenvolvimento de pessoas com momentos de aprendizado por meio de cursos in company, ou por convênios com cursos de especialização, é caminho certeiro rumo ao sucesso.

 

*Janine Costa é coordenadora acadêmica da Universa Escola de Gestão.

- por Sâmara Martins* -

O mundo globalizado com informações em alta velocidade traz transformações no cotidiano pessoal e profissional. A evolução tecnológica é o ponto forte nas organizações, além de facilitar os processos, colabora na comunicação. Essa mudança gera uma necessidade de atualização constante.

O profissional que não se atualiza perde o fio da meada e mostra o desinteresse pelo desenvolvimento pessoal e profissional. As organizações observam quem responde aos estímulos desse progresso e faz proveito dessas informações, investindo em pessoas que poderão contribuir para o crescimento da empresa. A procura e a oferta por cursos de curta duração cresceram bastante.

Para exemplificar melhor, a Universa Escola de Gestão em três meses realizou sete cursos de curta duração. Os mais procurados foram: Elaboração de Projeto Básico e Termo de Referência, Sistema de Contratos e Convênios – SICONV, Gestão de Conflitos, Resiliência e Mapeamento e Melhorias de Processos. Observa-se que as empresas têm investido na formação dos funcionários subsidiando os cursos. Os profissionais por sua vez devem aproveitar a oportunidade oferecida, isso é bom para a empresa e para o funcionário.

 

*Sâmara Martins é assessora educacional.

Twitter da Fundação Universa

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: