You are currently browsing the category archive for the ‘Relacionamento’ category.

Por Gerson Fogolin*-

É unanime: Nos dias atuais investir em relacionamento sem a internet, não funciona. Daí a gestão de informações, ou dados. Também podemos chamar de CRM (Customer Relationship Management), ou Gestão de Relacionamento com Clientes.

 Também sabemos que as redes sociais detém grande influência sobre as pessoas, tanto no meio pessoal quanto corporativo. As informações geradas nesse relacionamento podem enriquecer estratégias vencedoras, mas é preciso ser bastante criterioso.

 Criar um site interativo e perfis corporativos nas redes sociais resolve? Em parte. Além de oferecer todo o mecanismo de entretenimento, o mais importante é entender o que as informações querem dizer. Avaliar e classificar o que chega, porque muitas vezes o que recebemos não traz conteúdo relevante para nossas reflexões, sejam pessoais, profissionais e de consumo.

 Você se interessa por essa área? Pense que a curiosidade apenas ou o caminho  ”autodidata” não é suficiente o bastante para se tornar um profissional, com preparo e capacitação para entender o que está sendo dito e o que está sendo enviado ou recebido. É preciso investir em você mesmo! As empresas buscam e querem comprar “este produto” nos dias atuais.

 Ações promocionais geram muitas informações valiosas que são registradas pelo cliente junto ao Serviço de Atendimento durante a sua vigência. Além de fornecer dados para ações futuras, as informações devem ser interpretadas pela área de Marketing que, após uma analise de mercado, direciona a comunicação de sua linha de produtos e serviços para clientes de diferentes perfis. Ou seja, gera uma estratégia de relacionamento digital com focos específicos para clientes,produtos e negócios específicos.

Essa iniciativa auxilia na identificação dos pontos melhor avaliados e as melhorias que são alcançadas, e isto são aprendizados que ficam na empresa para futuras ações e campanhas, mas o profissional que as gerencia bem, sem dúvida é um vencedor. Para os que ainda não desenvolveram estas habilidades, o mercado oferece MBAs em Marketing que podem ajudar.

*Gerson Fogolin é administrador de empresa, especialista em marketing e coordenador de marketing da Fundação Universa.

- Por Janine Costa*-

Em um momento em que a interatividade ganha destaque por meio das   redes sociais, Daniel Goleman, autor que fez sucesso com o livro Inteligência Emocional, trouxe novo estudo acerca de um assunto atual retratado no livro: Inteligência Social: O Poder das Relações Humanas.

A inteligência social é a real aplicação da inteligência emocional no mundo das relações interpessoais. Desta forma, compreendemos que para sermos socialmente inteligentes, precisamos conviver socialmente. A inteligência social é construída por meio da interação com o meio em que vivemos, estimulando nosso cérebro por meio de uma troca constante de cultura, conhecimento, costumes e hábitos.

Essas experiências novas e contínuas, desencadeiam valiosas conexões neurais em nossa máquina cerebral, que moldam nossas emoções, criando desta forma, um ser humano sociável, empático e mais adaptável ao meio e ao convívio social.

No universo profissional, a inteligência social é uma competência requisitada e apreciada, uma vez que amplia a capacidade de colaboração entre indivíduos, desenvolvendo a empatia e a habilidade de trabalhar em grupo e melhora o convívio em comunidade, favorecendo a integração, o envolvimento e o comprometimento.

A interação “cérebro a cérebro” como diria Daniel Goleman resulta em uma química da mistura de experiências, vidas e emoções, produzindo uma fórmula para a criação de seres humanos de sucesso. Portanto, desenvolver a inteligência social é fundamental para o bom relacionamento interpessoal nas relações profissionais, na gestão da carreira e no marketing pessoal, pois possibilita a criação de um clima harmonioso e motivado dentro das organizações, contribuindo com uma maior produtividade. Com-viver amplia o nosso olhar acerca de nós mesmos e do mundo, aumentando a nossa sabedoria e a nossa capacidade de lidar com as situações cotidianas na profissão e na vida.

-Para saber mais-

Inteligência Social: O Poder das Relações Humanas – Daniel Goleman

*Janine Costa é coordenadora acadêmica da Universa Escola de Gestão, Psicopedagoga Clínica e Institucional, Especialista em Psicodrama e Mestre em Educação.

Twitter da Fundação Universa

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: