Entre os empregados, cerca de 71% tem ao menos formação superior, 

enquanto entre os desempregados o índice cai para 48,7%

A empresa CATHO, realizou um novo estudo com base na mais recente Pesquisa dos Executivos, e identificou o grau de formação entre os profissionais empregados e desempregados. Conforme aponta a pesquisa, a maioria dos profissionais empregados possuem ao menos o ensino superior, sendo que destes, 15% também já realizou uma pós-graduação. Já entre os desempregados, o índice de formação superior é de apenas 48,7%, o que demonstra maior exigência do mercado quanto à formação dos profissionais.

Para os profissionais que sentem a necessidade de qualificação para garantir uma oportunidade no mercado de trabalho, os cursos mais procurados, além da graduação, estão relacionados a idiomas, para cerca de 13% dos empregados, e 17% dos desempregados. 29% dos empregados e 20% dos desempregados alegam não ter tempo para se dedicar a estes cursos. É importante destacar que as empresas costumam exigir profissionais com boa formação e aprimoramento constante, no entanto 48,8% das organizações não investem na qualificação de seus colaboradores. Quando existe este investimento, normalmente estão relacionados a cursos de curta duração com média de 3 a 4 dias de treinamento.

“Independentemente da carreira, investir em educação continuada é sempre importante, e tanto as empresas, como os profissionais, devem se atentar cada vez mais a este tipo de qualificação. Uma pessoa pode ter desenvolvido diversas habilidades em sua carreira, no entanto um bom curso pode acelerar consideravelmente o seu processo de evolução profissional”, explica Adriano Meirinho, diretor de marketing da Catho Online.

Sobre a Pesquisa

A pesquisa sobre a Contratação, Demissão e Carreira dos Executivos Brasileiros foi realizada no mês de abril de 2011. A análise contou com a opinião de 46.067 participantes, que responderam a um formulário online com 249 perguntas, questionando sobre três dimensões da vida do profissional. Foram levadas em consideração apenas as respostas de profissionais que possuem mais de 16 anos, que trabalham para empresas privadas ou mistas e residentes no Brasil.

Esta pesquisa é realizada pela Catho Online desde 1988.
Fonte: Pesquisa da Catho Online aponta importância da educação na carreira dos profissionais | Catho Blog – Novidades Institucionais da Catho Online

About these ads