Complexidade: desafio para o gestor de projetos

Por Nihad Bassis
Já faz algum tempo que o assunto “complexidade em projetos” vem ganhando destaque, afinal, gerenciar projetos envolve de fato inúmeras variáveis e conhecimentos cada vez mais diversos. Mas este conceito é novo?

A gerência de projetos em termos mais científicos é filha da Engenharia da Produção e tem como ciências parceiras a Administração e a Economia. Daí tamanha complexidade já desde o nascedouro da disciplinas tão famosa que é a Gestão de Projetos.

A adoção das práticas de gestão de projetos por tantas empresas tem sido um fator benéfico na evolução destes modelos de gestão – PMBOK entre outros – em sua forma de modelar e caracterizar os projetos dentro de contextos cada vez mais detalhados.

Falar em projetos complexos não é nada de novo, basta uma breve conversa com gestores de projetos em plataformas petrolíferas, usinas nucleares, sistemas de logística, sistemas metroviários entre outros.

A novidade que se impõe como necessária no campo da gestão de projetos complexos é que seus atributos identificados de forma mais clara prepara melhor os gestores a desempenharem suas atividades de gestão aplicando os melhores meios de gerenciamento em busca dos melhores resultados e uso de recursos.

Ficamos com a certeza de que projetos complexos são realidades antigas mas com novos cenários e desafios.

About these ads